CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar
(Última atualização realizada em 02-09-2020, às 16h40)

 

PROCEDIMENTOS PARA ANÁLISE DE PROJETOS

 

1.     SOLICITAÇÃO DE ANÁLISE DE PROJETOS NO CBMDF

 

1.1. O sistema eletrônico de análise das medidas de Segurança Contra Incêndio e Pânico – SCIP, do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal – CBMDF, é o único meio de solicitação para análise de projetos arquitetônicos e de segurança contra incêndio e pânico.

 

1.2. O projeto arquitetônico ou o de segurança contra incêndio e pânico de uma edificação ou área de risco, nova ou de modificação, passível de regularização fundiária ou não, deve ser enviado para análise em formato eletrônico, mediante “upload” das pranchas e demais documentos na aba anexos do SCIP.

 

1.3. Para análise e aprovação, anuência ou visto de projetos NÃO É PERMITIDA A ENTREGA DE QUALQUER DOCUMENTAÇÃO IMPRESSA NO PROTOCOLO da Diretoria de Estudos e Análise de Projetos.

 

1.4. As DIRETRIZES PARA ANÁLISE DE PROJETOS EM FORMATO ELETRÔNICO estão disponível em:

 

1.5. O MODELO DE FOLHA E CARIMBO, em extensão DWG, para “download” está disponível em:

 

2.     CADASTRO NO SCIP

2.1. O TUTORIAL PARA CADASTRO DA SOLICITAÇÃO DE ANÁLISE DE PROJETOS PELO SCIP está disponível em:

 

 

2.2. O Responsável Técnico pela regularização da edificação junto ao CBMDF deve solicitar seu cadastro no SCIP.

 

2.2.1. O cadastro no SCIP é realizado em duas etapas:

 

2.2.1.1.         Preenchimento do formulário de cadastro disponível no sítio do CBMDF.

 

2.2.1.2.         Solicitação de validação do cadastro, após preenchimento do formulário.

 

2.2.2. Para de validar o cadastro, deve-se enviar via aplicativo WhatsApp para o número disponível no sítio do CBMDF ou para o correio eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. uma solicitação de validação de cadastro com os seguintes documentos em anexo: uma cópia frente e verso do documento de identidade, em PDF ou jpeg, e uma foto segurando o documento de identidade próximo ao seu rosto.

 

3.     ATENDIMENTO PRESENCIAL PARA REUNIÃO COM A ÁREA TÉCNICA

 

3.1. Somente com a presença do PROPRIETÁRIO OU RESPONSÁVEL TÉCNICO.

 

3.2. Deve ser realizado o AGENDAMENTO PRÉVIO por e-mail ou telefone.

 

 

  • telefone: (61) 3901-3606

 

4.     FUNCIONAMENTO DO PROTOCOLO DA DIEAP

 

4.1. Somente para RETIRADA DE PROCESSOS FÍSICOS.

 

4.2. Data, hora e local:

 

  • 8h às 12h;

 

  • Segunda-feira à sexta-feira;

 

  • Quartel do Cruzeiro Novo, situado na SHCES Quadra 1101 - Área Especial Nº 12 – ao lado do Supermercado Veneza. Localização: https://goo.gl/maps/H7BC1jjpvbC2

 

5.     PRESCRIÇÕES DIVERSAS

 

5.1. O processo do projeto em formato eletrônico para análise do Corpo de Bombeiros deve ser composto pelos documentos exigidos em norma específica ou elencados no sítio do CBMDF, na aba de documentação, “Lista de Verificação”.

 

5.2. O não atendimento dos procedimentos e configurações disciplinadas e o envio de arquivos com informações incompletas ou não pertinentes ao processo de projeto arquitetônico ou de segurança contra incêndio podem ensejar apontamentos de irregularidades no procedimento de análise.

 

5.3. O protocolo de análise no SCIP é validado e disponibilizado para distribuição e análise somente após a conferência de toda a documentação necessária descrita nesta diretriz e prevista no campo de documentação no sítio do CBMDF.

 

5.4. Nos casos em que a documentação apresentada não seja condizente com o tipo de subserviço selecionado, faz-se necessário a alteração deste para prosseguimento da análise.

 

5.5. O Corpo de Bombeiros não faz impressão, edição ou qualquer modificação nas pranchas de projeto arquitetônico ou do projeto das medidas de segurança contra incêndio apresentadas pelos responsáveis técnicos.

 

5.6. O resultado final da análise de projetos no CBMDF é a emissão do parecer e das pranchas certificadas com QrCode gerado pelo SCIP e com a assinatura digital do Agente Fiscalizador de Análise de Projetos do CBMDF.

 

 

voltar