CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

O Comando do CBMDF acompanha de forma muito atenta e próxima os desdobramentos do PL 1.645/2019, que trata da reestruturação dos militares das Forças Armadas. No dia 02/10/2019 foi divulgado o relatório por parte do Dep. Vinícius de Carvalho.

Os militares estaduais, inclusive do CBMDF, tiveram suas condições de inatividade inseridas no Decreto-Lei n. 667/1969, sendo o objetivo do relator foi unificar as condições de inatividade dos militares em todo o país.

Este comando realiza tratativas junto aos parlamentares no Congresso Nacional para ajustar os impactos à realidade da corporação, com o objetivo de garantir que os bombeiros militares, não sejam prejudicados em escala maior que outras corporações estaduais.

Hoje foi dado mais um passo nessa discussão. O Comandante Geral do CBMDF, Cel. Emilson, participou de uma reunião com o General Ramos, Secretário Rogério Marinho e Comandantes Gerais de diversos Estados, no Palácio do Planalto. Na ocasião foram discutidos pontos de melhoria no texto do PL para reduzir os impactos e harmonizar as contrapartidas com os benefícios.

Informo para toda a tropa que estou, Cel. Emilson, pessoalmente empenhado em garantir que as peculiaridades do CBMDF sejam consideradas na reforma do nosso sistema de proteção social.

 

Abraço a todos.
Coronel QOBM/Comb. Carlos Emilson Ferreira dos Santos