CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal informa que no dia 31 de outubro encerrou-se as atividades de recadastramento de famílias de baixa renda do Distrito Federal junto ao cadastro único do Governo Federal.

Para evitar que famílias perdessem a principal fonte de renda, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) firmou parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do DF. A corporação destacou servidores para reforçar nos procedimentos de averiguação, revisão e atualização do Cadastro Único (CadÚnico). Com o reforço dos militares do CBMDF, foram realizados mais de 25 mil agendamentos para o Cadastro Único. Por meio desse reforço, foi possível agendar 25.470 atendimentos ao público. 

Cerca de 23 mil beneficiários de programas sociais do governo começaram o ano em risco de terem seus benefícios suspensos por conta de uma falta de programação da gestão passada do Governo do Distrito Federal.

Desde o início da parceria, que começou em abril e encerrou-se nesta quinta-feira (31), oitenta e cinco bombeiros  foram capacitados e atenderam em 19 grupamentos. Nesse período, foram disponibilizadas 32.080 vagas, seja via telefone 156 ou pelo site www.sedes.df.gov.br.