CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

O Comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CEFAP) informa que a partir de 10 de janeiro de 2020, sexta-feira, os alunos do Curso de Formação de Praças Turma "C" 2019 darão início às atividades relacionadas ao Estágio Operacional Supervisionado nas Organizações de Bombeiros Militares (OBMs) do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF).

Neste primeiro momento os militares serão empregados em funções relacionadas a Atendimento Pré-Hospitalar (APH) e Comunicação BM (SECOM). O serviço de APH e SECOM será desempenhado pelos alunos por um período de 12h (doze) horas contínuas e as escalas poderão contemplar serviços diurnos e noturnos, conforme a disponibilidade e especificidade das unidades destinadas pelo Comando Operacional para o estágio.

Conforme preconiza a Norma do Estágio Operacional e da prática de QBMG do CFP, publicado no Boletim Geral nº 004 de 7 de janeiro de 2020, os objetivos do estágio do CFP consistem em:

• Complementação dos conhecimentos técnicos profissionais adquiridos durante a execução do curso de formação;
• Aplicação prática dos conhecimentos recebidos; e,
• Desenvolvimento do espírito de corpo, da ética profissional e da tomada de atitudes coerentes em situações críticas de emergência atendidas pelo CBMDF.

Ainda conforme a norma supracitada, o Estágio Operacional Supervisionado é componente curricular do Curso de Formação de Praças. Todos os Soldados de 2ª Classe deverão realizar o Estágio Operacional Supervisionado em todas as áreas de atuação da Corporação, de acordo com o seu núcleo formativo, ou seja, Bombeiro (técnico-operacional), militar e específico do Quadro ao qual o militar pertence, relacionados com as competências desenvolvidas durante o CFP/BM. Em caso de inaptidão do aluno, o Sd/2 poderá ser desincorporado das fileiras do CBMDF, conforme prescrito no Projeto Pedagógico do CFP, publicado no Boletim Geral n° 241, de 22 de dezembro de 2017.