Há 28 anos o Corpo de Bombeiros Militar recebia o Centro de Treinamento Operacional – CETOP, uma estrutura criada para o aprimoramento técnico profissional e para a padronização do ensino e instruções da corporação.

Um convênio foi firmado com a Japan Internacional Company Agency. Coube a elas a arquitetura das duas torres: Yokohama e Tóquio. Desde então os bombeiros incluíram as estruturas em sua formação diária, com treinamentos em resgate em altura.

Para celebrar a data, o Comandante -Geral do CBMDF, Coronel Lisandro Paixão dos Santos, recebeu o Secretário Adjunto de Segurança Pública, Alessandro Moretti, o deputado distrital Roosevelt Vilela, diretores e chefes de departamentos do CBMDF, militares do  Centro de Treinamento Operacional e familiares.
O dia foi também a oportunidade de reconhecer o trabalho feito pelos bombeiros veteranos do CETOP, que receberam um gorro vermelho personalizado, como agradecimento pelas suas valorosas contribuições ao CBMDF. Um certificado foi entregue também aos “Amigos do CETOP”, agradecendo a contribuição feita por diversos colaboradores.

UM PRESENTE PARA O CETOP – CIDADE DO FOGO

Como presente de aniversário, o CETOP ganhou mais uma estrutura: um sistema de simuladores de desenvolvimento do incêndio.

A estrutura é uma das melhores formas de preparar os bombeiros para o combate real. Estão dispostos numa configuração que permitem desde a observação dos comportamentos do fogo, passando pelos procedimentos de ataque, indo para ambientes com diferentes configurações.

“Em termo de segurança, os simuladores excedem os níveis exigidos, sendo instalados nivelados, com sistema de controle de ventilação por alavanca, sensores, isolamento além da câmara de combustão e proteção de agentes passivos - como telhados, refletindo em menor consumo de material combustível e riscos de queimaduras”, explicou o comandante do CETOP, Major Leal.

O Comandante-Geral encerrou a solenidade com o descerramento de uma placa alusiva à inauguração dos simuladores e um coquetel.