CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) recebeu, no último dia 10 um reforço mais que especial. Dois filhotes de cães da raça Labrador Retriever, que somarão aos outros animais da Corporação que atuam na busca e resgate de vítimas.

Os dois animais foram selecionados no canil Zuo’s, em Nova Lima-MG, após terem passado por uma triagem genética e uma série de testes que demonstraram certas qualidades dos demais filhotes da ninhada, como aptidão no meio aquático, não ter medo de altura, não ter medo de barulho, altamente sociáveis e dóceis, espírito de competitividade, que são qualidades essenciais para o serviço de busca e salvamento.

Os cães foram apresentados ontem ao Coronel Lisandro, Comandante-Geral, e ao Coronel Teixeira, Subcomandante-Geral do CBMDF, para a escolha dos devidos nomes de guerra dos novos integrantes do CBMDF. 

Ao macho, com 58 dias idade, foi dado o nome de BARUK, que significa bem-aventurado, próspero, afortunado, feliz, nome esse que foi escolhido pelo Comandante-geral.

À fêmea com 50 dias de idade, o Subcomandante deu o nome de DELTA, nome que também é a designação da unidade do Grupamento de Busca e Salvamento. Baruk e Delta passarão por um intenso treinamento a ser ministrado pela própria equipe cinotécnica do canil, situado no Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) localizado às margens do Lago Paranoá – Vila Planalto/DF, e dependendo do avanço no treinamento, os cães já estarão aptos para o socorro a partir de aproximadamente um ano e meio.

A Corporação espera a chegada de mais dois cães da mesma raça, prevista para agosto, oriundos de um canil de Petrópolis.

Os quatro cães são uma doação da empresa “VALE”, em função da participação dos cães do CBMDF nas buscas em Brumadinho onde ocorreu o rompimento da barragem de rejeitos. Estes cães somarão um grande reforço para as missões de resgate do CBMDF.