CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

DO DISTRITO FEDERAL

Vidas alheias e riquezas salvar

No dia 30 de julho de 2020, ocorreu o encerramento do Curso de Formação de Praças 16 - Turma "Sd Marizelli", bem como a promoção a Soldado de 1ª Classe dos militares que concluíram o curso.

Nesta data, o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças - CEFAP, entrega ao COMOP e à sociedade brasiliense 300 novos soldados bombeiros militares do Distrito Federal e 02 militares do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas.

Foram formados 185 militares da QBMG-1 (Combatente), 54 militares da QBMG-2 (Condutor e Operador de Viaturas), 56 militares da QBMG-3 Manutenção (Veículos e Equipamentos) e 5 militares da QBMG-3 Manutenção (Aeronaves). No total foram 88 mulheres e 214 homens.

O curso teve início em 14 de Agosto de 2019. Ingressaram nesta data 314 candidatos aprovados em Concurso Público finalizado em 2017 para provimento de vagas para Soldado de 2º Classe Bombeiro Militar do CBMDF.  Mais de 300 candidatos, todos com o mesmo objetivo: tornar-se Bombeiro Militar.

O CFP é o primeiro curso da carreira de praças do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal e possui como objetivo formar o Soldado Bombeiro Militar, visando habilitar o indivíduo, selecionado em concurso público específico, para atuação na área-fim da Corporação de maneira técnico profissional e na doutrina militar, de modo a desempenhar as funções e atribuições que lhe cabem (soldado de segunda classe) até a graduação de 3° Sargento Bombeiro Militar.

O CFP 16 foi desenvolvido ao longo de 12 meses, nos quais os alunos foram testados até o limite de sua resistência visando a excelência da formação. As instruções foram executadas em diversas unidades da corporação como o Centro de Treinamento Operacional (CETOP), Centro De Capacitação Física (CECAF), Grupamento de Atendimento Pré-hospitalar (GAEPH), Grupamento de Busca e Salvamento (GBSal), Grupamento de Proteção Ambiental (GPRAM), Grupamento de Aviação Operacional (GAVOP), Centro De Manutenção De Equipamentos e Viaturas(CEMEV), Grupamentos de Bombeiro Militar em todo o Distrito Federal, tendo como sede o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças(CEFAP). Além das instruções previstas no currículo do curso, o CFP foi empenhado em ações sociais com arrecadação de alimentos e brinquedos que foram entregues para comunidades em situação de vulnerabilidade.

A estrutura atual do curso contou com uma carga horária total de 1600 horas-aula.

A malha curricular básica é dividida em 8 núcleos, dentro dos quais contam cerca de 40 componentes curriculares.

Os núcleos são:

1. Introdução
2. Capacitação Física Bombeiro Militar
3. Guarda e Segurança
4. Ações Integradas de Riscos de Desastres
5. Salvamento
6. Emergência Pré-Hospitalar
7. Combate a Incêndio Urbano
8. Proteção Ambiental

Além disso, o curso conta ainda com núcleos específicos de prática de QBMG (1-Combatente, 2-Condutor e Operador de Viaturas, 3-Manutenção) e com Estágio Operacional Supervisionado.

Diante da pandemia de COVID-19, o curso precisou ser interrompido por quase 2 meses em março de 2020. Os protocolos de segurança e higiene foram adaptados para garantir o mais alto padrão de segurança para o retorno do curso no final de abril. Suportar momentos de turbulência ganhou um novo significado diante de um inimigo invisível, o Coronavírus. O protocolo precisou ser alterado, mas o foco foi mantido. E, assim, nenhum passo foi dado atrás. Em meio a uma pandemia, o medo cedeu a coragem, e a farda, como um estigmata, aderiu à pele.

Aula por aula, os desafios foram vencidos um a um. Antes um indivíduo, agora, integrantes de um corpo.

Durante o curso lições preciosas puderam ser aprendidas e serão levadas para o resto da vida de cada um dos militares formados. Nunca abandonar o canga, dar o melhor de si, cumprir as missões dadas com excelência,manter a esperança, elevar a disciplina, refinar a coragem, tantos outros ensinamentos.

Foram levados até a exaustão, ao limite da superação.

Prontos para missão. Encerra-se um ciclo de plantio e inicia-se um ciclo de colheita.

"A história contada pelos heróis, ensina a nobreza da missão."

Acesse o link do vídeo produzido pelo CEFAP do encerramento do CFP 16 - Turma "Soldado Marizelli" https://www.youtube.com/watch?v=7-ChB4wUSj0


Foto tirada em 27 de Outubro de 2019.