Obra do 8º GBM foi inaugurada com lançamento da pedra fundamental

Aconteceu hoje a solenidade de inauguração da Pedra Fundamental da obra de construção da nova edificação do 8º GBM (Ceilândia). A pedra marca o início da construção das duas edificações para atender os militares que trabalham no quartel.

 

 

  A construção consta na lista de obras prioritárias do Plano de Obras da Corporação, assim como está alinhada ao Plano Estratégico (2017-2024), cujas prerrogativas visam atender aos seguintes objetivos :

Atender as ocorrências emergenciais nos padrões internacionais; garantir a infraestrutura apropriada às atividades operacionais; valorizar o profissional bombeiro-militar e modernizar o atendimento e despacho operacional.

 

 

 

 

 

Uma solenidade dessa importância movimentou a corporação e autoridades do Distrito Federal. Estiveram presentes o Comandante-Geral do CBMDF, Coronel William Augusto Ferreira Bomfim; o Sub-comandante geral do CBMDF,Coronel Rogério Dutra e o Comandante do 8º GBM, major Alberto, recepcionando todos em sua “casa”.

O CBMDF é nosso orgulho e merece os melhores recursos para que continuem desempenhando o trabalho impecável de sempre”, declarou o Vice-governador do DF, Paco Britto”. Em resposta o Comandante-geral lembrou que a tropa é mais feliz, porque as  demandas são atendidas, como exemplo a promoção recente dos 475 militares na semana passada: “Nós merecemos um quartel atual e moderno. O governo está fazendo uma revolução nesta cidade. Estou muito grato por tudo que tem feito”. Como reconhecimento foram entregues ao vice-governador Paco Britto e ao secretário de Governo, José Humberto Pires esculturas de símbolos alusivos à corporação.

A Banda de Música do CBMDF esteve presente também, compondo junto com os militares do 8º GBM, Bombeiros Mirins e grupo Melhor Idade o momento mais marcante, que foi o descerramento da pedra fundamental, seguida de fogos de artifício.

Prestigiaram também o evento o Deputado Roosevelt Vilela; o Secretário secretário executivo de Segurança Pública, Milton Rodrigues Neves; os secretários André Clemente (Economia), Hélvia Paranaguá (Educação); o tenente-coronel Manoel Gervásio Pinheiro Carvalho (Desenvolvimento da Região Metropolitana); o secretário nacional adjunto de Segurança Pública, coronel Juruébi de Oliveira Júnior; o comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), coronel Márcio de Cavalcante Vasconcelos; o chefe-adjunto da Casa Militar, coronel Ataídes; o administrador regional de Ceilândia, Fernando Fernandes.

A OBRA:

Projeção da fachada

O 8º GBM está abrigado em uma edificação provisória e construída em 1 de julho de 1982. Com 38 anos de existência, o aquartelamento apresenta edificações antigas e desgastadas, instalações precárias e defasadas as atuais necessidades dos militares, assim como carece de ambiente apropriado para a operação, abrigo e preservação de equipamentos, materiais e viaturas do CBMDF.

Os Grupamentos Bombeiro Militar caracterizam-se pelo serviço de prontidão permanente, ininterrupto e aquartelado, onde os militares concorrem a regime de escala de 24 x 72 horas. Dessa forma, uma unidade bombeiro militar requer diversas facilidades e instalações físicas para o seu pronto emprego em situações de urgência, emergência e/ou calamidade pública.

Ao longo de sua existência e face à crescente demanda, considerando ainda as mudanças no contexto social, econômico, político e tecnológico, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal se especializou em diversas áreas correlatas ao serviço de emergência. Nesse contexto, além das áreas de tradicional atuação do Corpo de Bombeiros, foi necessária uma forte especialização em áreas como o atendimento pré-hospitalar, proteção civil e ambiental. E, dessa forma, as organizações bombeiro militar necessitam de readequação frente a essa realidade, a fim de atender as necessidades do capital humano e da infraestrutura física adequada aos materiais, equipamentos e viaturas de emergência.

A obra de construção do 8º Grupamento Bombeiro Militar será um quartel do tipo Grupamento de Grande Porte com duas edificações: o Quartel-Sede e uma Garagem Operacional. A previsão de área construída é de 2.060,88 metros quadrados. O prazo de execução da obra está previsto para 12 (doze) meses com valor de investimento de R$ 5.950.000,00 (cinco milhões novecentos e cinquenta mil reais) e previsão de início das obras para 30 dias.

 

 

English Português Español
Skip to content