Dia internacional do Cão Guia – 28 de abril

Uma sociedade que respeita as diferenças é aquela em que as minorias não ficam a sua margem. Com o objetivo de inclusão e apoio às pessoas com deficiência visual, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal efetivou o Programa Cão Guia.

Em 2001, o comandante do CBMDF enviou à Fundação MIRA, no Canadá, militares da corporação para realizarem o Curso de Adestramento de Cão-Guia de Cego. Nasceu então, por meio de parcerias, o Programa Cão-Guia, pioneiro no Distrito Federal e realizado pelos bombeiros militares da corporação.

Em 2002, foi regulamentada a lei n.° 2.996, que assegura o livre acesso da pessoa com cão-guia a locais públicos e privados no DF, incluindo as atividades do CBMDF com essa missão. Desde sua criação, o Programa Cão-Guia já entregou 48 cães, incluindo criação, adestramento e adaptação do cão à pessoa que demanda esse recurso.

Os benefícios à mobilidade, segurança e qualidade de vida, proporcionadas pelo uso do cão-guia, faz com que o usuário tenha maior acesso ao trabalho, aos estudos e a inserção mais ampla na sociedade. Assim, por meio do Programa Cão-guia, o CBMDF amplia suas ações em mais uma ação essencial nas demandas da comunidade.

 

English Português Español
Skip to content