SSP-DF inicia capacitação em Libras, visando acessibilidade

A fim de melhorar a comunicação e acessibilidade, a Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP) deu início ao processo de criação de um protocolo de atendimento direcionado a pessoas surdas. A primeira etapa será a capacitação dos profissionais da Segurança Pública em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Os servidores da pasta e forças de segurança poderão se inscrever até o dia 11 de junho para as 120 vagas disponíveis.

O curso será ministrado pelo Instituto Federal de Brasília (IFB), por meio de acordo de cooperação técnica, que vai desde a capacitação dos servidores à confecção do protocolo. Com início em 22 de junho, a carga horária será de 120 horas, com aulas on-line e ao vivo. Após o término do curso, os participantes poderão contribuir com a equipe, composta por representantes da SSP e do IFB, para a elaboração de um protocolo completo de atendimento.

A lei prevê que instituições públicas e empresas concessionárias de serviços públicos de assistência à saúde devem garantir atendimentos e tratamento adequado aos portadores de deficiência auditiva e essa é uma iniciativa muito importante para uma abordagem mais adequada a esse público.

As inscrições podem ser feitas pelo link a seguir: IFB – Libras – sspdf

 

English Português Español
Skip to content