Adido Militar da Alemanha e Comandante do CBMMT visitam a ABMIL

Na tarde desta quarta-feira, dia 26/05, o chefe da Assessoria para Acordos de Cooperação Nacional e Internacional, Major Efraim, recebeu na Academia do Bombeiro Militar (ABMIL), as visitas do adido militar da Alemanha, Capitão-de-Mar-e-Guerra Ralf Schmit-Raiser, e de uma delegação do Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso, chefiada pelo Comandante-geral do CBMMT, Cel Alessandro Borges Ferreira, acompanhado de dois assessores e de seu assessor parlamentar, Cel Metelo.

Também participaram da visita, por parte do CBMDF, o assessor internacional, Sgt Valdério Veloso, e o assistente de relações internacionais, Alessandro Rodrigues.

Durante a visita, o Major Efraim apresentou ao Capitão Ralf-Raiser um pouco das instalações de treinamento do CBMDF, como o tanque de mergulho, as torres de escalada e o campo de futebol, sendo este internacionalmente conhecido pelas atividades da seleção brasileira de futebol durante as competições na cidade. Cap Ralf-Raiser também explicou ao major acerca do funcionamento dos serviços de resgate da Alemanha, demonstrando grande interesse pela atuação e organização do CBMDF.

Num segundo momento, já reunidos com a delegação do CBMMT, os participantes conversaram sobre a atuação dos Corpos de Bombeiros do Brasil no âmbito da preservação do meio ambiente.

O Comandante-geral do CBMMT, Cel Alessandro, explicou sobre a atuação dos bombeiros mato-grossenses nos incêndios que devastaram a Amazônia e o Pantanal no ano passado. Os eventos chamaram a atenção da comunidade internacional para a importância de preservar o meio ambiente e da adoção de medidas em relação às mudanças climáticas, que hoje são responsáveis por longos períodos de estiagem no pantanal, tradicionalmente conhecido por suas áreas alagadas.

Segundo o coronel, o estado do Mato Grosso é composto majoritariamente pelos biomas Cerrado e Amazônia. O restante, cerca de 6%, é composto pelo Pantanal. Por outro lado, cerca de 40% do Pantanal foi queimado nos incêndios do ano passado e, apesar de apresentar alguma melhora na estiagem, boa parte do que sobrou continua seco.

Esses dados evidenciam a importância da prevenção, que pode ser feita por meio de aceiros, da conscientização da população sobre incêndios intencionais, entre outras ações para evitar que o fogo, caso ocorra, não se espalhe. Entre essas ações de combate está ainda o treinamento de brigadistas em áreas rurais do estado, que poderão debelar focos de incêndio logo em seu início. 

Durante o encontro também foi apresentado ao Capitão Ralf-Raiser a atuação conjunta das corporações tanto nos incêndios no Pantanal, para o qual o CBMDF enviou tropas, quanto para tragédias como a de Brumadinho – MG, onde CBMDF E CBMMT também enviaram reforços.

O CBMDF agradece ao Capitão-de-Mar-e-Guerra Ralf-Raiser e aos nossos irmãos de farda do CBMMT pela visita às nossas instalações e espera que em breve novos encontros possam ser realizados, sempre com o objetivo de aprimorar e enriquecer o atendimento à população por ambas as corporações em suas várias vertentes.

 

 

English Português Español
Skip to content